MULTIDIMENSIONALIDADE

Parece que já é um consenso no meio das Terapias Holísticas que SOMOS MULTIDIMENSIONAIS! Mas afinal o que é isso? Onde essas Terapias de quarta e quinta dimensão atuam? Porque realmente criam um grande resultado? Como trabalho de conclusão de curso da minha Pós graduação na Unipaz/2015 fiz uma investigação profunda e científica usando a técnica das Frequências de Brilho que trabalho há 12 anos com centenas de pessoas e resultados incríveis. Compartilho com vocês nesses artigos aqui no site uma tese que foi aceita no meio acadêmico com louvor. A técnica é toda realizada pelo Seres de Luz Pleiadianos e é claro que isso eu não pude nem citar, mas falar de corpos sutis e portais dimensionais para uma banca onde alguns eram totalmente céticos, já foi muito importante e desafiador. Escrever sobre tudo isso para mim foi um ato de muita gratidão com essa equipe espiritual que jamais me abandona.

Nossa forma física é simplesmente uma manifestação de uma forma multidimensional. Se nos observarmos através de raios-X, nosso corpo aparece como uma nuvem de íons. Para a maioria das pessoas, essa é a nossa única identidade: uma nuvem que se decompõe segundo um padrão específico com trilhões de células e com pares de prótons elétrons. Segundo o Ph.D J.J Hurtak (1973), esse é nosso Corpo eletromagnético, a plataforma mais baixa de luz, presa gravitacionalmente, que tende a inércia se não for energizada pelas frequências vibratórias adequadas, Em ciência se diria que é o estado de entropia em que a matéria se degenera. O mesmo se aplica ao segundo corpo, chamado de Corpo Epicinético que trabalha com os campos de luz inferior. Segundo Hurtak (1973), somente ao nos ligarmos aos corpos superiores, Corpo Eka, Corpo Gemátrico e Corpo Zohar é que aprendemos a energizar nossa forma física.

O Corpo Eka pode ser comparado ao que outras linhas de pensamento chamam de Corpo Etérico, pois segundo Hurtak esse corpo não é estranho à nossa forma, na tradição sânscrita, isto se aproxima do Manamaya Kosha, que algumas vezes é associado à consciência inferior ou à força mental ligada às dimensões astrais da vida. “Existe um substrato de potenciais de corrente contínua no corpo que precede os potenciais de ação da realidade biológica.” (HURTAK, 1973, pág. 574)

O Corpo Gemátrico pode ser equiparado ao termo sânscrito Gnanamaya Kosha, a inteligência mental superior ligada ao conhecimento Divino. Este corpo encontra-se além das estruturas atômicas físicas e dos modelos básicos da divis divisão celular. “Através da coordenação matemática da mente do corpo com a Mente Superior é que a bioluminescência da Luz resplandece ao redor do corpo. É isso que se vê como aura ao redor dos Santos e Budas” (HURTAK,1994, pág. 5). O corpo Zohar conhecido na tradição sânscrita como Anandamaya Kosha, é o veículo mais eficaz para a atividade da Ascensão. “O veículo corporal de Luz exterior, que permite o corpo o cone de luz da relatividade imediata.” (HURTAK, 1973, pág. 575

A maioria das pessoas já sabe da existência dos quatro corpos, (físico, mental, emocional e etérico) mas não sabe que cada um dos corpos tem uma oitava superior de energia. Esses níveis vibracionais são níveis da Alma profunda, que começa além do corpo espiritual.

Alma profunda é toda energia acima dos corpos físicos, emocional e mental. Isso inclui a oitava superior seguinte, que contém o corpo etérico, astral e a Rede Mental, bem como todos os corpos e níveis espirituais. Depois de centenas de vidas na Terra, precisamos de cura para Alma profunda. (STEIN, 2000, pág. 54)

Existem muitas classificações para corpos energéticos também chamados de corpos sutis. No método Rometria criado por Romo (2009), classifica da seguinte forma: Corpos Inferiores: Físico; Emocional; Duplo-Etérico; Astral; Mental Inferior e Corpos Superiores: Mental Superior; Causal; Budico; Átmico; Corpo Morontial. Segundo Romo (2011), os corpos inferiores registram informações e sensações não harmônicas dos planos sutis, traumas, medos, fobias inclusive de vidas passadas são nele armazenadas;

E cada um desses corpos superiores terá uma particularidade. Vibram da 5ª dimensão a 8ª e representam um foco de unicidade atômico molecular com a capacitação das frequências do Eu Sou. Na visão da Rometria o Eu Sou pode ser considerado uma pequena mônada que contém os 32 corpos de cada consciência que ela possui.

Diane Stein (2003) descreve vinte e cinco modelos e cinquenta e cinco corpos energéticos ao todo, sendo que a maioria está atualmente além do nosso alcance consciente. O que ela chama de modelos são justamente as portas ou escotilhas que conectam os corpos energéticos entre si, chamados por Day (2010) de portais dimensionais, e pelo Ph.D futurista Hurtak (1973), de Linhas Axiotonais: “Está em andamento dentro de todos os sistemas biológicos uma trajetória de permutabilidade para padronizar níveis vibratórios especiais. Nosso corpo galáctico de criação controla suas funções renovadoras mediante as linhas axiatonais meridianas, as quais são o equivalente das linhas de acupuntura e podem se conectar com sistemas estelares ressonantes. Essas linhas axiatonais não são limitadas a um corpo físico ou uma criação biológica, mas são ilimitadas e podem conectar o veículo corporal com as linhas axiotonais que emanam de inúmeras populações estelares e que existem como mecanismos do código químico. Quando o homem puder descobrir a conexão entre seu espaço de vida e as malhas axiotonais controlando o corpo através da divisão celular contínua, o Homem terá uma nova super ciência conhecida como astronomia médica.” (HURTAK, 1973, pág. 523)

O processo do alinhamento dos nossos corpos e alinhamento com nossa própria multidimensionalidade que é o que realmente traz a cura, se dá através da ativação de portais energéticos dimensionais nas partes anterior e posterior do corpo pelo toque das mãos do facilitador (terapeuta) trazendo profundo alinhamento entre esses corpos e aspectos luminosos do próprio self mobilizando frequências de alto nível dentro dos corpos emocional e físico vindas dos nossos próprios corpos de luz, ou seja, nos reunindo à nossa própria multidimensionalidade. Eu sempre falo para meus pacientes: Eu não curo ninguém; Eu viabilizo a Auto-Cura!

A ativação dos portais abre um espaço de lacuna entre nossos corpos energéticos e por isso é considerada uma terapia de quarta e quinta dimensões, como foi citado acima, ou seja, um espaço fora do tempo linear e assim é possível o acesso aos registros akáshicos ou vidas passadas sem que entrem nas histórias, apenas liberando todas as memórias estressantes ali localizadas.

Uma coordenada temporal que não pode ser dissociada das coordenadas espaciais de comprimento, largura e profundidade, na relatividade de Einstein, a quarta dimensão é o limiar que precisa ser cruzado ao se entrar e sair do espaço-tempo tetradimensional einsteniano, pela adição da coordenada conscencial “a transformação de Lorentz.” e a quinta dimensão “A próxima roupa de Luz” a qual nosso corpo de matéria-energia tem acesso no processo no processo da evolução espiritual. Um corpo material menos denso com a similitude de Deus restaurada governando os processos físicos. A humanidade tetradimensional será transposta a quinta dimensão ao completar sua educação nesse reino de imagem e similitude (HURTAK, 1973, pág. 602).

Todo processo pode ser feito à distância bastando que a pessoa que vai receber esteja deitada na hora da aplicação. Cada uma das técnicas que venho sendo iniciada ao longo dos anos viabiliza a profunda limpeza de registros especificos e também profunda reconexão com um desses corpos sutis. As Terapias Multidimensionais podem ser feitas na mesma sessão sem o menor problema por isso começo sempre com os níveis de limpeza do mais denso para o mais sutil. Mas cada sessão é muito completa em si. É através do coração que começa esse alinhamento com seus guias para dar início a reconexão com o fluxo da Luz do Self, sendo assim, esse fluxo conecta você com a Consciência Universal.

“No corpo, se o cérebro é a antena do aparelho de rádio, o botão para sintonizar a frequência da rádio que você quer ouvir é o coração, que define a frequência das informações recebidas através do ritmo dinâmico dos fluidos de seu corpo e que pode ser alterado pelo seu estado emocional. Procurar pela consciência no cérebro é a mesma coisa que procurar pelo locutor dentro de um aparelho de rádio. (HARAMEIN, 2015)

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Carla Varella - Star Healing

Endereço:

Travessa Afonso Sanches 12 2D

Cascais, Portugal

Telefone:

+351 918 517 943

E-mail:

carlavarella@starhealing.com.br