CONSCIÊNCIA HOLOGRÁFICA

Hoje começamos a perceber que vivemos no espaço-tempo e não apenas no espaço. Albert Einstein e o matemático alemão Hermann Minkowiski mostraram empiricamente que não podemos separar o espaço do tempo senão criamos uma cosmologia ilusória. O melhor modo de descrevê-los é como elementos conjuntos de um múltiplo de quatro dimensões. Essas quatro dimensões podem se transformar .Wilber (1977) em sua visão holística e integral já totalmente fundamentada no paradigma transdisciplinar, compara o espectro da Consciência ao espectro eletromagnético explicando que as faixas transpessoais são intermediárias entre o nível existencial e o nível da consciência da Unidade ou Mente Universal. Segundo Wilber (1977), nos níveis transpessoais o senso de identidade expande-se para além da individualidade, sendo, portanto, rompidas as fronteiras entre o organismo biológico e o Universo.

No spectrum cada nível surge de um particular dualismo, no qual resulta na restrição ao Self ou sentido de identidade. A evolução do spectrum da consciência segue a seguinte direção: a cada dualismo o homem se restringe e, consequentemente desloca-se de nível sucessivamente do Universo (mente) para organismo (existencial), para psiquê (ego) para parte da psiquê (persona) e geralmente o último nível (sombra), no qual o indivíduo esta mais longe do Self. (TABONE, 2003, pág. 84).

 

No nível da Mente (Unidade) é a energia una com a energia básica do Universo, Akasha. Nesse sentido, Laszlo (2012) traz uma definição sobre a origem da palavra Akasha (sânscrito) para o mais fundamental dos cinco elementos do cosmos: é o útero do qual tudo o que os nossos sentidos podem perceber emergiu e no qual tudo finalmente imergirá.

 

No século XX, akasha foi brilhantemente descrito por por Swami Vaivekananda. De acordo com Vivekananda, akasha é onipresente e permeia todo o universo. Tudo se desenvolveu a partir de akasha. É akasha que se torna o corpo humano, princípio as plantas, cada forma que nós vemos, tudo o que existe. No do universo havia somente akasha e quando ele chegar ao fim haverá novamente apenas akasha: os sólidos,os líquidos e os gases, todos fundir-se- ão de volta nele. No próximo ciclo do universo, as energias que hoje estão ativas no universo recomeçarão e todas as coisas voltarão a evoluir a partir de akasha. (LASZLO, 2012, pág. 131).

 

As teorias de Wilber nos ensinam que a consciência primordialmente una sofre várias divisões e posteriormente reinicia de volta o caminho da não divisão. É um caminho de volta que se inicia quando o homem pergunta a si as áreas. Contudo, são necessários três pilares para metodologia da pesquisa transdisciplinar: Os níveis de realidade; A lógica do terceiro Incluído e a Complexidade. Estamos verificando que a ciência está revelando e explicando de forma prática principalmente através na física quântica, esses antigos conceitos holísticos e religiosos embora ainda de forma tímida devido à resistência de alguns cientistas que se mantêm fiéis ao antigo paradigma mecanicista.

 

Ao analisarmos a história e as principais áreas de conhecimento das técnicas terapeuticas como as Frequências de Brilho, por exemplo , damos um passo além, pois incluímos e integramos esse conhecimento holístico milenar, como estados alterados de consciência e meditação, e transcendemos rumo às novas informações que vem sendo canalizadas.

 

Não somos somente matéria - somos seres multidimensionais, e fazemos parte de um campo unificado.

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Carla Varella - Star Healing

Endereço:

Travessa Afonso Sanches 12 2D

Cascais, Portugal

Telefone:

+351 918 517 943

E-mail:

carlavarella@starhealing.com.br